<strong>SNICKERS</strong><br />Vestiário
<strong>ImovelWeb<br /></strong>Idioma
<strong>Teaser Ópera</strong><br />Os Pescadores de Pérolas
<strong>YOKI</strong><br />Salário de Mãe
<strong>Topper</strong><br /><span>Drible É Gol</span>
Últimas Notícias
O2 Pós recebe visita dos diretores Jeferson De e Cristiane Arenas

Os diretores de cinema Jeferson De e Cristiane Arenas visitaram a O2 Filmes nesta sexta-feira, dia 28 de agosto, e foram recebidos por Silvia Levy e Claudia Reis na O2 Pós. Na pauta do encontro, os novos projetos da dupla.

 

img-crop

90 visitas
"A Lei da Água" ganha dois prêmios no 3º Festival Brasil de Cinema Internacional

aleidaagua-crop

.

O documentário "A Lei da Água" recebeu dois prêmios na terceira edição do Festival Brasil de Cinema Internacional: Melhor Filme na categoria "Nosso Planeta" e Melhor Produtor. Dirigido por André D'Elia e produzido pela O2 Filmes e Cinedelia, o filme retrata a polêmica sobre as mudanças na legislação que prevê o que deve ser conservado e o que pode ser desmatado nas propriedades brasileiras.

O filme recebeu outros prêmios desde seu lançamento, como o Melhor Filme pelo público da Competição Latino-Americana da 4ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental. 

125 visitas
Wagner Moura na O2: filme de ação sobre Carlos Marighella vem aí

Longa que marca a estreia de Wagner Moura como diretor entra em fase de roteiro e captação de recursos.

 

wagner-crop

(em sentido horário) José Carvalho, Bel Berlinck, Eduardo Ribeiro, Felipe Braga e Wagner Moura.

.

Wagner Moura esteve na O2 Filmes nesta quarta-feira, 26 de agosto, e foi recebido pelas produtoras Andrea Barata Ribeiro e Bel Berlinck.

 

Na pauta, o primeiro filme de Wagner como diretor de cinema. Inspirado no livro "Marighella - O guerrilheiro que incendiou o mundo", de Mario Magalhães,  "Marighella" será um filme de ação, um thriller épico. 

 

O projeto está na fase de desenvolvimento do roteiro e captação de recursos.

O Governo da Bahia anunciou apoio ao filme, assim como algumas empresas baianas, como o Grupo TPC Logística. A Paris Filmes é parceira do projeto.

Participaram do encontro Eduardo Ribeiro e José Carvalho, além do diretor e roteirista Felipe Braga.

 

2097 visitas
Os detalhes do cenário da ópera "Os Pescadores de Pérolas"

opera-crop

Cássio Amarante e Fernando Meirelles observam maquete do cenário de "Os Pescadores de Pérolas" (foto: Sidney Oliveira/Agência Pará)

 

Miriti e madeira de reflorestamento são as matérias-primas da montagem.

O diretor de arte Cassio Amarante está montando o cenário da ópera "Os Pescadores de Pérolas" em um galpão no bairro de Jurunas, em Belém. Quando estiver pronto, a obra será transposta peça a peça para o Theatro da Paz, onde a montagem dirigida por Fernando Meirelles estreia em 9 de setembro. O cenário tem estrutura metálica revestida por madeira de reflorestamento.

 

Um dos materiais usados por Cassio é o miriti, trama natural muito usada na região norte: "O miriti é um material símbolo da região. Tem características maravilhosas, é esteticamente tão bonito", aponta o diretor de arte. Cássio idealizou ambientar a história da ópera criada por Bizet, para a realidade ribeirinha da Amazônia. "Essa montagem foi pensada em Belém, de como conectar uma coisa daqui com outra lá de fora, e nos pescadores, não os de pérolas, mas os pescadores que são grande parte do povo dessa região aqui do País. Então, a ideia deste cenário é das pequenas pinguelas, dos igarapés, das estivas", explicou.

 

croqui

Croqui do cenário criado por Cassio Amarantes: miriti e madeira de reflorestamento

.

A ópera "Os Pescadores de Pérolas" será apresentada em quatro récitas, nos dias 9, 11, 13 e 15 de setembro, às 20 horas, no Theatro da Paz, com ingressos que variam de R$ 20,00 e R$ 70,00, e já estão sendo vendidos na bilheteria do teatro. No dia 15 de setembro a Ópera será transmitida ao vivo para salas de cinemas de oito cidades brasileiras, saiba mais AQUI.

 

 

472 visitas
Filme "Zoom", de Pedro Morelli, estará no 40º. Festival de Toronto

zoom-crop

Atriz canadense Alison Pill vive Emma no longa Zoom

 

Exibição acontece nos dias 11, 15, 16 e 17 de setembro no Scotiabank Theatre, em Toronto

 

O filme Zoom foi anunciado na seleção oficial da 40ª. edição do Festival de Toronto, no Canadá, dentro do programa Vanguard. Ele será exibido no dia 11 de setembro, sexta-feira, às 19h45, no Scotiabank Theatre, e reapresentado nos dias 15, 16 e 17 de setembro no mesmo local. Mais informações em http://tiff.net/festivals/festival15/vanguard/zoom

"Zoom é uma aventura metalinguística que deixa o espectador preso num ciclo de histórias cruzadas", revela o diretor Pedro Morelli, que está há seis anos envolvido no projeto. O filme foi rodado em Toronto e nas cidades de Trindade, no Rio de Janeiro, e em São Paulo. Pedro revela detalhes deste trabalho abaixo.

 

Como foi filmar em ambientes tão diversos? 
Foi um grande quebra cabeça. São três  histórias paralelas, sendo que filmamos uma delas no Brasil, outra no Canadá e a terceira foi filmada metade em cada país. Pra fazer as peças do quebra cabeça se encaixarem tivemos muito trabalho para planejar a filmagem, e depois para juntar tudo na montagem. E a coisa mais satisfatória é ver que no fim uma coisa colou na outra. Ufa. 
 
O que foi o mais desafiador na realização do Zoom? 
A animação. Um terço do filme é feito nesse formato, com a técnica da rotoscopia. Filmamos tudo com atores e depois desenhamos sobre a imagem filmada, frame a frame. É parecido com que se fez no Waking Life, mas a gente buscou um look mais próximo à linguagem de quadrinhos. Filmar essas cenas foi uma experiência nova. Os cenários eram muito simplificados, já que iriam ser redesenhados depois, e isso tornou o trabalho com os atores muito desafiador: a gente tinha que imaginar o ambiente em que estávamos pra fazer cada cena, sendo que estávamos sempre rodeados por paredes na mesma cor, com fitas no chão marcando os elementos que formariam aquele cenário. 

 

O filme será exibido pela primeira vez ao público em Toronto, quais são suas expectativas?
Estou muito entusiasmado para sentir a reação do público. O filme é uma comédia, então a gente só vai descobrir se ele funciona mesmo quando tiver uma sala cheia de gente assistindo. A comédia é muito direta: ou a pessoa ri ou não ri. Estou muito empolgado pra sentir como o público comum vai absorver essa comédia metalinguística maluca. 

 

 

 

435 visitas
Novo filme do McDonald's dirigido por Fabio Mendonça apresenta novos Frappés na batida perfeita

danca garrafa

Os novos sabores de frappé Mocha Ovomaltine e Caramel Ovomaltine, do McDonald's, ganharam um filme cheio de batida. Na peça dirigida por Fabio Mendonça, um boneco criado e movimentado pela Coala Filmes dança ao som de uma empolgante trilha eletrônica. A campanha é criada pela DM9DDB e produzida pela O2 Filmes, com música assinada pela Loud.

Assista abaixo.

 

FICHA TÉCNICA
Agência: DM9DDB
Cliente: McDonald's

Filme: Boneco
Direção de Criação: Marco Versolato, Felipe Gall
Criação: Marco Versolato, Felipe Gall, Gustavo Tasselli
RTVC: Fabiano Beraldo, Vanuza Passos, Aline Fernandes
Atendimento: Marcelo Passos, Claudia Profili, Caroline Pintarelli
Produtora e pós-produção: O2 Filmes
Diretor de cena: Fabio Mendonça
Produção Executiva: Maeve Corona e Ordilei Haine
Direção de Fotografia: Bruno Tiezzi
Montador: Saulo Simão
Produtora de som: Loud
Locução: Felipe Adorno
Aprovação do cliente: Roberto Gnypek, Guilherme Coe


 

 

 

 

546 visitas
Pescadores de Pérolas - teaser

 

246 visitas
Paulinho Caruso dirige novo filme de Snickers

o2play-crop

 

Olha só quem deu chilique de fome no novo comercial para o chocolate Snickers, dirigido por Paulinho Caruso.

 

FlashMovie

A atriz Claudia Raia é nova protagonista da campanha "Você não é você quando está com fome". O conceito faz parte da comunicação da marca em mais de 80 países.

Direção: Paulinho Caruso
Agência: Almap BBDO



508 visitas
Quico Meirelles dirige nova campanha da Antarctica

o2play-crop


Quico Meirelles dirige novo filme para a cerveja Antarctica, com criação da agência Almapbbdo.
 
No filme "Cara ou Coroa", o típico futevôlei de praia é interrompido para saber quem começaria o jogo. Com a ausência de moedas no bolso de todos os jogadores, a tampinha da cerveja é usada para saber quem começa com a bola.  "Aberta ou fechada?", é a pergunta feita aos jogadores na hora de decisão, onde na verdade quem ganhou foi a cerveja BOA de verdade, aberta e bem gelada. Confira o filme.

 


Direção: Quico Meirelles
Cliente: Ambev
Agência: Almapbbdo

 



441 visitas
Promoção da O2 Play disponibiliza filmes no iTunes por US$0,99

o2play

 

A O2 Play, braço de distribuição da O2 Filmes, anuncia promoção em sua loja no iTunes.
 

Você pode alugar os filmes da O2 Play a partir de US$0,99! A promoção segue até quinta-feira, dia 20 de agosto.

 

Confira os títulos disponíveis e aproveite!

 

LATITUDES -> http://bit.ly/latitudes99

Junho O Filme -> http://bit.ly/junho99

Dominguinhos+ -> http://bit.ly/doming99

Reflexões de um Liquidificador -> http://bit.ly/refle99

Memórias Póstumas de Brás Cubas -> http://bit.ly/memorias99

EU MAIOR -> http://bit.ly/eumaior99

Vai-Vai: 80 Anos nas Ruas -> http://bit.ly/vaivai99

B1 - Tenório em Pequim -> http://bit.ly/b1filme99

272 visitas
Quer ver a ópera dirigida por Fernando Meirelles ao vivo nos cinemas? Ingressos estão a venda

pescadores de perolas

 

Começa hoje, dia 13 de agosto, a venda dos ingressos para assistir a primeira ópera dirigida por Fernando Meirelles, Os Pescadores de Pérolas, nos cinemas. A transmissão será feita diretamente do  Festival de Ópera do Theatro da Paz, em Belém, no Pará e acontece no dia 15 de setembro, às 20h, para salas de cinemas de oito cidades.

 

Para comprar, acesse http://bit.ly/ospescadoresdeperolasingressos

 

Confira as cidades e as salas de cinema que irão transmitir a ópera ao vivo:

 

Brasília - Espaço Itaú  Shopping Casa Park

João Pessoa - Cinespaço Mag Shopping

Curitiba - Espaço Itaú Crystal

Curitiba - Cinépolis Patio Batel

Rio de Janeiro - Cine Odeon    

Rio de Janeiro - Kinoplex Cinema Leblon

Rio de Janeiro - Cinespaço Espaço Rio Design

Rio de Janeiro - Cinépolis Lagoon

Rio de Janeiro - Espaço Itaú Praia Botafogo

Porto Alegre - Espaço Itaú Bourbon POA

Porto Alegre - GNC Cinemas Moinhos

Florianópolis - Cinespaço Beira Mar Florianópolis

Santos - Roxy Cinemas 5 Santos

São Paulo - Espaço Itaú Bourbon Pompéia

São Paulo - Espaço Itaú Frei Caneca

São Paulo - Cinépolis JK Iguatemi

São Paulo - Kinoplex Vila Olímpia

290 visitas
O2 Filmes e realidade virtual a caminho do SXSW 2016

site o2-03

 

A O2 Filmes quer levar seu conhecimento na produção de conteúdo imersivo ao festival SXSW de 2016. E você pode nos ajudar.

 

É só entrar neste link http://panelpicker.sxsw.com/vote/49573, criar uma conta e escolher nosso conteúdo: "Museum of Tomorrow: Immersive Storytelling".

 

O case inscrito pela O2 Filmes no Festival mostrará os caminhos  percorridos pela produtora desde a concepção até a finalização do filme de 8 minutos realizado para o Museu do Amanhã e que será projetado em um domo instalado na entrada do espaço, no Rio de Janeiro. A O2 Filmes vem trabalhando em projetos de narrativas imersivas, como a realidade virtual, há três anos. A palestra de Ricardo Laganaro, diretor do filme, terá como foco esta trajetória. "A experiência narrativa é o foco desta apresentação, vamos mostrar toda a evolução na pesquisa em tecnologia e criação em realidade virtual, até a produção final de um filme em VR (virtual reality)", conta Ricardo.

 

Sobre o SXSW: O South by Southwest é um conjunto de festivais de cinema, música e tecnologia que acontece toda primavera em Austin, Texas, Estados Unidos. Tornou-se plataforma importante e de alta visibilidade para a economia criativa mundial. Considerado o maior festival de criatividade do mundo, foi considerado a 12ª companhia mais inovadora do mundo pela revista Fast Company.

 

 

298 visitas
O2 Filmes vai contar sua experiência na produção de filmes em realidade virtual no festival Mediamorfosis, em 13 de agosto

laganaro b

Ricardo Laganaro

 

O diretor da O2 Filmes Ricardo Laganaro apresentará no dia 13 de agosto, quinta-feira, às 11h45, a mesa "Realidade Virtual: Uma conversa sobre a Experiência da O2 Filmes", no festival Mediamorfosis, evento originalmente criado na Argentina e que acontece em São Paulo pela primeira vez. O evento, iniciativa do Brazilian TV Producers (BTVP), programa de exportação da Associação Brasileira de Produtoras Independentes de Televisão (ABPITV) em parceria com a Apex-Brasil,  debaterá o impacto das novas tecnologias no modo de produzir e consumir conteúdo e as transformações da mídia.

 

A O2 Filmes vem trabalhando em projetos de narrativas imersivas, como a realidade virtual, há três anos. A apresentação de Ricardo Laganaro terá como foco a experiência da O2 Filmes na criação de filmes com conteúdo imersivo. "A experiência narrativa é o foco desta apresentação, vamos mostrar toda a evolução na pesquisa em tecnologia e criação em realidade virtual, até a produção final de um filme em VR (virtual reality)", conta Ricardo. "É a experiência de quem saiu da tela plana para o conteúdo em realidade virtual. Saímos do zero, ou melhor, desaprendemos tudo o que sabíamos na produção de filmes em tela plana para chegarmos a filmes em que a tela inexiste", finaliza o diretor da O2 Filmes.

 

Após a apresentação do Ricardo Laganaro, o Mediamorfosis vai discutir as implicações desta tecnologia no Brasil e quais são os desafios na criação de conteúdo em VR, com a presença de Mark Atkin e Oscar Raby, e mediação do diretor da O2. Mark Atkin é curador do Interactive at Sheffield, que realiza o Crossover Interactive Summit, uma conferência digital anual que dá início ao Sheffield Doc/Fest, mostra dos documentários de Realidade Virtual. Já Oscar Raby é artista multimídia e produtor de conteúdo em realidade virtual; seu documentário Assentfoi exibido em 2014 nos festivais de Sundance, IDFA e no Sheffield Doc/Fest, em que ganhou o prêmio da audiência para projetos interativos.

 

O Mediamorfosis é voltado para profissionais ligados à produção e compartilhamento de conteúdo e as inscrições podem ser feitas pelo site br.mediamorfosis.net.


"Realidade Virtual: Uma conversa sobre a Experiência da O2 Filmes", com Ricardo Laganaro @ Festival Mediamorfosis
Data: 13 de agosto, das 11h45 às 12h45
Inscrições no site br.mediamorfosis.net

Local: Praça das Artes - Avenida São João, 28 - Centro, São Paulo, SP


 

859 visitas
Primeira ópera dirigida pelo cineasta Fernando Meirelles será transmitida ao vivo em salas de cinema do Brasil

opera cenario

Croqui do cenário da peça

 

Conhecido por dirigir obras no cinema e na televisão, Fernando Meirelles, diretor da O2 Filmes,  enfrenta um novo desafio em sua carreira: dirigir uma ópera. A peça em questão é "Os Pescadores de Pérolas", de Georges Bizet, que encerrará o Festival de Ópera do Theatro da Paz, em setembro, em Belém. A equipe tem ainda Cássio Amarante na direção de arte e Verônica Julian no figurino. É a primeira vez que Fernando Meirelles dirige uma ópera.

 

A peça estréia no dia 9 de setembro e terá sua exibição ao vivo via satélite para salas de cinema de 8 cidades do Brasil, no dia 15 de setembro, às 20h (horário de Brasília).

 

A transmissão é uma parceria da O2 Play, o braço de distribuição da O2 Filmes, com a  Cinelive, empresa pioneira em transmissão de conteúdos alternativos ao vivo para cinemas no Brasil. Capitais como São Paulo, Rio, Brasília e Porto Alegre, entre outras, poderão assistir a ópera no cinema em tempo real. Os ingressos começam a ser vendidos no dia 13 de agosto pelo site www.cinelive.com.br.

 

"Transformei o libreto num roteiro com cenas divididas e vou filmar algumas passagens e misturar projeção com a encenação.  Acho que teremos também mais mudanças de cenários do que o habitual. Fica a cargo do maestro, dos músicos e dos cantores encantarem a plateia com a música, meu trabalho é tentar fazer a história chegar até os espectadores. Se o cantor alcançará ou não o "dó" não será problema meu, se o personagem que ele vive não interessar a plateia terá sido culpa minha", conta Fernando Meirelles sobre este trabalho.  "Estou adorando a experiência, aprendi e senti qual é o barato do gênero", completa o diretor.

Para Igor Kupstas, diretor da O2 Play, esta é uma oportunidade de distribuir um rico conteúdo. "É o cinema na ópera, e a ópera no cinema. Será imperdível. E ter esta experiência simultaneamente ao pessoal de Belém é demais. É a primeira vez que uma ópera brasileira será exibida desta forma. Fico muito feliz com a parceria com a Cinelive, que tem tanta experiência nesta atividade".

 

Veja o teaser da peça:

 

 

 

Sobre a peça: Os Pescadores de Pérolas é a obra da juventude do mestre francês Georges Bizet, sendo peça de repertório e o protótipo do período pré-impressionista da Escola Francesa. Em oposição ao título maduro de Bizet, Carmen, que procura dar cores espanholas à peça, Os Pescadores de Pérolas não envereda por esse caminho e não tenta colorir hipoteticamente o então Ceilão. Como todos sabemos, música e teatro se juntam para conseguir o milagre da ópera, mas, no caso da montagem paraense, teremos ainda um diálogo com o cinema, através da visão de seu diretor Fernando Meirelles.

 

 

Confira as salas já confirmadas para a exibição

Brasília - Espaço Itaú  Shopping Casa Park

João Pessoa - Cinespaço Mag Shopping

Curitiba - Espaço Itaú Crystal

Curitiba - Cinépolis Patio Batel

Rio de Janeiro - Cine Odeon     

Rio de Janeiro - Kinoplex Cinema Leblon

Rio de Janeiro - Cinespaço Espaço Rio Design

Rio de Janeiro - Cinépolis Lagoon

Rio de Janeiro - Espaço Itaú Praia Botafogo

Porto Alegre - Espaço Itaú Bourbon POA

Porto Alegre - GNC Cinemas Moinhos

Florianópolis - Cinespaço Beira Mar Florianópolis

Santos - Roxy Cinemas 5 Santos

São Paulo - Espaço Itaú Bourbon Pompéia

São Paulo - Espaço Itaú Frei Caneca

São Paulo - Cinépolis JK Iguatemi

São Paulo - Kinoplex Vila Olímpia

747 visitas
Filme "Trash - A esperança vem do lixo" indicado a três categorias do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

trash

 

O filme "Trash - A esperança vem do lixo", dirigido por Stephen Daldry e produzido pela O2 Filmes, Working Title e Peapie Films, acaba de ser indicado pela Academia Brasileira de Cinema como finalista em três categorias do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2015.

 

O filme ganhou indicações nas categorias Melhor Direção de Fotografia (Adriano Goldman), Melhor Efeito Visual (Adam Rowland) e Melhor Trilha Sonora Original (Antônio Pinto).

 

O Grande Prêmio do Cinema Brasileiro celebra e promove a produção audiovisual nacional e está em sua 14ª edição. Os vencedores serão conhecidos no dia 1 de setembro, em cerimônia no Cine Odeon, no Rio de Janeiro. Esta edição terá como principal homenageado o cineasta Roberto Farias ("O Assalto ao Trem Pagador"), diretor-presidente da Academia Brasileira de Cinema.

 

 

548 visitas