Posts Relacionados
AQUI A GENTE FAZ ASSIM #20 - SONRISAL

O diretor Quico Meirelles, o supervisor de efeitos Carlo Vecchi e o supervisor de composição Thiago Cora contam os desafios de realizar os efeitos do filme "Light" para o cliente Sonrisal: iluminar partes do corpo do ator.

 

351 visitas
DOCUMENTÁRIO CURUMIM NA O2.

A O2 Pós finalizou o documentário CURUMIM, dirigido por Marcos Prado. O filme é produzido pela Zazen Produções. Os serviços da O2 foram Conform, Correção de cor e Deliveries do filme.

 

Conheça os bastidores desse projeto. Em 2012 o diretor Marcos Prado recebeu uma ligação inesperada de uma prisão de segurança máxima na Indonésia. Era Marco "Curumim" Archer, brasileiro condenado à morte por fuzilamento após ser pego com 13,5Kg de cocaina no aeroporto internacional de Jakarta, na Indonésia.

spece

"Naquele momento eu recebi uma ligação de Marco, de dentro do presidio, me perguntando se eu faria um filme sobre sua vida." - conta o diretor. A execução não aconteceu em 2012 e Marcos Prado aceitou o desafio.

spece

12646717 829246487197647 8876904132216010713 o

spece

Por três anos Marcos gravou pelo telefone mais de setenta horas de entrevistas com Marco Archer contando sobre sua vida, da infância até seus últimos momentos antes de ser capturado na Indonésia. Por sua conta e risco, Marco "Curumim" escondeu uma câmera dentro de sua cela e gravou aproximadamente três horas de seu dia-a-dia.

spece

"Gradualmente Curumim conquistou minha admiração e afeição. Eu descobri uma pessoa carismática e generosa, com um coração leal, mas o mais importante, alguém que se arrependeu de suas escolhas." - conta Marcos Padro.

spece

mail attachment

Marcos Prado (diretor) e Fábio Souza (colorista)

spece

O documentário CURUMIM levanta reflexões sobre o tráfico internacional feito por garotos de classe média, o problema da pena de morte em alguns lugares do mundo, as negociações diplomáticas entre países em crise e a execução de Marco Archer.

228 visitas
AQUI A GENTE FAZ ASSIM #19 - WORKSHOP DE ANIMAÇÃO

Dia 27 de Janeiro na sede da produtora em São Paulo, ocorreu um workshop de animação dirigido ao grupo de profissionais da equipe de arte da O2 Pós.

 

O desenvolvimento do piloto da série Suriá propiciou a oportunidade de reunir todo o grupo numa troca de conhecimentos das técnicas de animação. Tom Ruey, diretor de arte da O2 Pós entende que "Trabalhos que trazem novos conhecimentos são excelentes para agregar e fortalecer todo o grupo e fazer crescer".

 

"Suriá é um projeto de animação proposto e desenvolvido pelo diretor Fabio Mendonça sobre os quadrinhos homonimos do cartunista Laerte. Chico Bela é o diretor de animação e Chico Zullo o diretor de arte.

 

As atividades envolveram os 12 profissionais da equipe de arte, sendo que 5 deles já estão designados para o projeto Suriá.

 

outdoor equipesuria

558 visitas
AQUI A GENTE FAZ ASSIM #14

Ricardo Bardal, supervisor de efeitos da O2 Pós, conta sobre o trabalho realizado para o filme 2114 do cliente Santander, dirigido por Paulinho Caruso.

spece

1143 visitas
AQUI A GENTE FAZ ASSIM #12

O diretor Alex Gabassi conta sobre os desafios de PSI.

 

417 visitas
AQUI A GENTE FAZ ASSIM #10

A abertura de "Que Monstro Te Mordeu" foi realizada pela O2 para a série infantil da Tv Cultura produzida pela Caos Produções e Primo Filmes e mistura objetos reais com 3D. Ricardo Laganaro, diretor da abertura, conta o processo de filmagem e pós-produção que trouxe os monstros imaginários para a realidade das crianças.

spece

spece

Antes mesmo das filmagens um storyboard é criado, com a supervisão do diretor, para guiar a gravação e a pós-produção.

spece

16

spece

18

555 visitas
FABIO SOUZA COLORISTA - TV BRASIL.

Fabio Souza, colorista da unidade Rio da O2 Pós, foi entrevistado por Natália Lage no programa "Revista do Cinema Brasileiro", exibido no último dia 4 de novembro na Tv Brasil.

 

No trecho abaixo, Fabio conta mais sobre seu trabalho.

 

FlashMovie

Para assistir a entrevista completa, clique aqui.

126 visitas
AQUI A GENTE FAZ ASSIM #8

Em qualquer ficção executar uma cena de tiro sempre exige muito trabalho. Hoje, com os efeitos especiais, isso pode ser feito com menor complexidade.

 

A série Aqui A Gente Faz Assim convidou Carlo Vecchi e Ricardo Laganaro à contarem os desafios e soluções na realização da cena de abertura da série "Felizes para Sempre?".

 

 

 

 

 

562 visitas
AQUI A GENTE FAZ ASSIM #6

img 9475f

spece

Essa é a equipe da O2 Pós liderada por Paulo Barcelos.

157 visitas
PAULO BARCELOS EM LOS ANGELES.

Paulo Barcelos, diretor de pós-produção da O2, foi convidado pela Blackmagic, fabricante de câmeras, hardwares e softwares de pós produção, para realizar uma palestra na Universal Studios, em Los Angeles, destinada aos membros da ACE (American Cinema Editors).

spece

O objetivo foi apresentar todo o novo formato de trabalho da O2 Pós, inédito no mundo tanto pela escala em que ele é aplicado quanto pelos benefícios que foram gerados para a empresa e os clientes.

spece

O encontro reuniu mais de 100 membros da ACE.

spece

paulo barcelos crop

82 visitas
AQUI A GENTE FAZ ASSIM #5.

As vezes a metereologia não colabora para a feitura de uma cena ou até mesmo de um filme!

Carlo Vecchi conversa com Eduardo Amogio, supervisor de composição, Andrea de Paula e Leandro Pena, compositores, sobre o processo de criação da metereologia perfeita para um filme que realizamos.

spece

35418 visitas
AQUI A GENTE FAZ ASSIM #3

Resolver difíceis questões de produção de forma rápida e eficiente. Este é um dos desafios que a equipe de pós produção enfrenta cotidianamente.

Thiago Cora, supervisor de composição, ao lado de Carlo Vecchi, supervisor de efeitos, relata como criou uma estação de trem num filme publicitário para o cliente Itaú.

spece

1331 visitas
AQUI A GENTE FAZ ASSIM #2.

Na continuação do bate papo com Carlo Vecchi e Ricardo Laganaro, eles contam sobre os desafios de pós-produção da série As Brasileiras, exibida na Globo.

 

Carlo Vecchi usou 6 câmeras para captar Brasília. Na imagem temos 5 delas e a fotografia foi feita com a sexta.

 mg 0226

 

642 visitas
AQUI A GENTE FAZ ASSIM #1.

Em todas as produções audiovisuais existem problemas e para achar as soluções todos os envolvidos dão sua parcela de ajuda.

 

É isso que vamos mostrar com essa série de entrevistas, começando com Carlo Vecchi e Ricardo Laganaro contando um pouco sobre as soluções usadas na produção da série "Felizes Para Sempre" transmitida pela Rede Globo.

 

Confira o Vídeo.

 

Mais uma curiosidade! Veja abaixo os mapas de câmera usados para captura e execução da back projection:

posiçoes de cameras 1

mapa de câmera usado para captura do plate 

posiçoes de cameras 2

mapa de câmera usado para captura da cena enquanto o plate é projetado ao fundo 

543 visitas
ARIEL WOLLINGER E RICARDO CRUZ LANÇAM O CLIPE "ON THE ROCKS" EM HOMENAGEM AOS SERIADOS JAPONESES DOS ANOS 80

Os anos 80 foram marcados pelos heróis japoneses "Metal Heroes", onde um policial espacial trajando uma armadura de metal aparecia para salvar o Japão e a Terra de perigos. As séries conquistaram milhões de jovens pelo Brasil e entre eles Ricardo Cruz, brasileiro de 33 anos que hoje canta e compõe em japonês. Além disso, Ricardo é o único integrante estrangeiro do Grupo JAM Project, formado por músicos que cantam trilhas sonoras de seriados, games e animes e é sucesso de público no Japão.  


Ricardo Cruz se juntou a Ariel Wollinger, supervisor de pós produção na O2 Filmes, para criar um autêntico episódio desse gênero aqui no Brasil no seu clipe "On the Rocks". O clipe foi concebido como um filme independente. Teve o suporte da Vetor Zero/Lobo, O2 Filmes e de seus artistas e levou quase um ano do rascunho até a pós-produção, sendo produzido nas horas vagas. O videoclipe é uma produção da Supercluster, dos diretores/produtores do filme Ariel Wollinger e Fabiano Broki, além de ser destaque na imprensa brasileira com uma uma página no caderno "Aliás" do jornal Estado de São Paulo do dia 25 de Outubro deste ano. 


Confira o clipe em: http://bit.ly/1PWD5jO  

spece

otr 009 heroi cruzer e robo fornax

 

 

 

 

 

 

 

 

807 visitas