Posts Relacionados
GOOGLE E O2

No final de maio uma equipe documental da O2, com direção de Cassiano Prado, viajou até o interior do Piauí para participar de uma experiência com o Google, para o projeto Loon.

 

O objetivo do Google com o projeto é levar internet para comunidades e locais sem acesso, através de balões que ficam na estratosfera a mais ou menos 20 km da Terra. O Loon faz parte do ambicioso projeto do Google de conectar os dois terços da população mundial que ainda não têm acesso à internet.

 

google loon vrs2 1m48s 4x3

 

A O2 ficou em Água Fria durante a semana pré-testes e registrou a expectativa da chegada da internet na escola Linoca Gayoso, e a reação das crianças quando foi feita a primeira conexão com a internet.

 

Também participamos do lançamento dos balões com a equipe do Google-X (a "Nasa" deles). Este grupo é o mesmo que desenvolveu o Google Glass.

 

Esse teste de conexão que a O2 registrou permitiu ao Google avaliar a eficácia da tecnologia e partir para a instalação em diversos locais ao redor do mundo.

 

 

 

 

114 visitas
VIVO - ME LIGA

Confira o novo filme produzido para o cliente Vivo, através da agência Africa.


 


Me Liga tem a direção de Quico Meirelles, fotografia de Ralph Strelow, direção de arte de Marina Matsui, montagem de Lucas Gonzaga e finalização de Lucas Justiniano. A pós é da O2.

111 visitas
GOOGLE - RUAS PINTADAS DO BRASIL

Confiram o filme produzido para o cliente Google através da agência 72 And Sunny.Ruas Pintadas do Brasil foi dirigido por Quico Meirelles e Kayhan Ozmen, teve direção de fotografia de Daniel Venosa, montagem de André Dib e finalização de Lucas Justiniano. A pós é da O2.

 

 


Também foi produzido, pela equipe, um trabalho de pesquisa e fotografia nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Manaus, Salvador, Natal, Cuiabá e Belo Horizonte sobre as ruas enfeitadas para a copa para um projeto do Google Street View. A finalidade é que todos possam conhecer os ambi, sem sair de casa, através do site do Google Maps.

93 visitas
O2 NA SXSW - POR RICARDO LAGANARO - 2

 

2014-sxsw-interactive-panel-ideas-by-dt-crop

 

Segundo relato de Ricardo Laganaro:

 

- Memes w/ Meaning : Why we love crazy gifs & vídeos

Future 15  -  Abigail Posner - (Head of Strategic Planning - Google, ex-Diretora estratégica da Publicis NY) 

 

Apresentação relâmpago que fez parte do programa "Future 15" onde as palestras duravam 15 minutos. A Jana fez um post com vários insights e links sobre a palestra lá na Tumblr do "Outras Telas".

Bem resumidamente, Abigail Posner falou como os Memes fazem conexões inesperadas no nosso cérebro, assim como acontecia mais frequentemente na nossa infância. Por conta disso, acabam sendo tão adorados e compartilhados.

 

 

- Keynote : Marc Webb (diretor de clipes, "500 Day of Summer" e "Amazing Spider-Man")

Conversando um pouco com o que foi dito pelo Austin Kleon, Marc Webb começou destacando a época em que dirigia clipes e assistia inúmeras vezes os trabalhos que admirava, tentando entender o que os tornavam tão especiais.

Pra ele, motivação pessoal não costuma estar tão dissociada da profissional na nossa área. Além de ser fã do personagem, topou mesmo fazer o Homem-Aranha porque queria saber como era trabalhar num filme daquela escala (depois de ter feito um longa independente), com a possibilidade de ter gente tão boa na equipe levando o tempo que fosse necessário para o trabalho ficar bom.

Como exemplo, levou próprio o notebook e destrinchou o processo de criação do tema do vilão, mostrando passo-a-passo desde a primeira referência que recebeu do Hans Zimmer (completamente diferente do que ele tinha pedido, mas surpreendentemente certeira pra cumprir o objetivo proposto), até a trilha gravada (numa parceria do maestro com o Pharrell Williams e o Johnny Marr, quitarrista do "The Smiths"). Empolgante ver como ele pôde se envolver tanto em etapas que muitas vezes passamos direto. E muito bacana notar como ele estava claramente orgulhoso de contar com artistas desse porte. Mesmo sabendo da pressão e das restrições por ser um filme bem mais caro e comercial, a possibilidade de cuidar tão bem de cada etapa do processo me pareceu uma motivação legítima para ele.

(curiosidade pra deixar nosso amigo Allan maluco : o estúdio do Hans Zimmer tem mais de 20 profissionais com funções extremamente especializadas, sendo que alguns deles só pra ouvir e pesquisar sons e músicas)

No passo-a-passo da trilha, mostrou que também fizeram (deliberadamente ou não) uma "palheta sônica" ligada à eletricidade (já que o vilão do filme é o Electro), conceito que o Peter Horner comentou na palestra dele.

Tratou rapidamente, também, da diferença de trabalhar num independente como "500 dias com ela" (30 diárias) e o "Spider-Man" (100 diárias) e como lida com a pressão de estar à frente de um projeto de tantos milhões de dólares pensando "no final das contas, é só um filme de 1h30". Mas depois pediu desculpas à representante do estúdio que estava na plateia. J

Deu sua opinião sobre dirigir : principalmente quando se trabalha com profissionais tão especializados, umas das maiores qualidades é saber ouvir.

Desmistificando um pouco da própria imagem quando perguntaram da sua visão sobre o "500 Dias com Ela", disse que nem sempre tem uma visão claramente pré-concebida do filme, e que pode ir descobrindo-a ao longo do processo, junto dos parceiros com quem está trabalhando.

Fui bater um papo rápido depois da palestra e foi surpreendente a abertura dele. Acho que um dos grandes trunfos do festival é que os convidados sabem do bom nível do público, então parecem ficar com a guarda baixa o tempo todo, o que muda bastante a dinâmica geral dos papos.

 

 

- A Conversation with Dr. Neil deGrasse Tyson

 

Pra quem não conhece, esse é o físico mais famoso do atualidade. Está estrelando a nova versão do Cosmos (programa sobre o Universo que, nos anos 80, foi apresentado e escrito pelo Carl Sagan) lançado na semana do festival. Segundo ele, o programa foi a maior estreia mundial da história da TV (mais de 170 países e 40 idiomas).

Um dos caras mais inspiradores que já ouvi.

Se não o conhece, vale ver (o trecho que escolhi tem 1 minuto) :

https://www.youtube.com/watch?v=iWTzk2xiKP8#t=02m14s

E se quiser mesmo vê-lo falando (entrevista enorme dele com o Steve Colbert):

https://www.youtube.com/watch?v=YXh9RQCvxmg

Por mais estranho que possa parecer um físico sendo inspirador para alguém que trabalha com audiovisual (além do fato de eu ser um tanto nerd), o festival também mostrou uma boa correlação entre arte a ciência. Mais pra frente vou falar de uma palestra do Adam Savage (do Mythbusters) focada nesse paralelo.

Absolutamente apaixonado por ciência e educação.

A frase da palestra foi um "quote" de um ex-presidente de Harvard : "Se você acha que a educação é cara, pense no preço da ignorância". Também criticou  a forma com que ciência é ensinada atualmente: enquanto só ensinarem fatos científicos e não o que é a ciência de verdade (curiosidade e a busca da compreensão de como as coisa funcionam), as pessoas podem continuar sendo absolutamente ignorantes apesar de ter concluído o colégio.

257 visitas
O2 NO SWSX - POR LAGANARO, DA O2

o2-swsx-titulo-tumblr

 

swsx-1103-001

 

swsx-1103-002

 

swsx-1103-003

 

swsx-1103-004

 

swsx-1103-005

 

swsx-1103-006

 

swsx-1103-008

 

Tem muita coisa legal sendo falada aqui. Como bem disse a Jana, o festival é um paraíso virado pro futuro pra quem é nerd e apaixonado pela nossa área.

 

Numa passada rápida, em 4 dias, vimos palestras de gente como: 

 

- Eric Smith: chairman do Google, 

- Jared Cohen: Diretor de Idéias do Google, 

- Marc Webb: diretor do "500 dias com ela", da nova leva do "Spider-Man" e vários videoclipes icônicos dos anos 2000, 

- Dr. Neil deGrasse Tyson: astrofísico mais famoso atualidade e que está à frente do novo "Cosmos", programa que era apresentado pelo Carl Sagan na década de 80 e que, pelo que ele disse, vai ser o programa de TV com lançamento mundial mais abrangente da história,

- Kevin Bacon: peça central do "Meme" mais longo da história da internet  

- Jason Blum: CEO e produtor da BlumHouse Production. "Inventou" um modelo completamente diferente do mercado americano com o "Atividade Paranormal" e tem uma forma de pensar absolutamente fora da curva na produção de longas, e que vem dando muito resultado pra empresa dele. 

- Jon Favreau: Diretor dos 2 primeiros "Iron Man", entre outros. Dos diretores que melhor transita nesse universo geek, multimídia. 

- John Skipper: Presidente da ESPN e co-chairman da Disney Network, falando um pouco dos rumos da das redes de TV nessa era digital em parceria com 

- Kevin Conroy: Pres. Univision,

- Paula Kerger: Presidente da PBS,

- Adam Savage: MythBuster (falando sobre educação na TV),

- Pré estréia do novo filme do Wes Anderson 

 

Isso pra falar dos mais "mainstream". Além desses, cada um de nós foi em algumas outras palestras e lançamentos mais ligados às suas áreas. Vi a palestra do produtor argentino do "Metegol" (uma realidade bem próxima da gente a ser estudada pra um eventual longa em CG), por exemplo, e outras palestras e pré-estréias menores. 

 

De quebra, hoje ainda participamos da gravação do "Late Show" do Jimmy Kimmel e ver como funciona uma produção desse nível pra TV aqui, também é muito interessante.

 

Acho que é um festival que vale muito a pena prestar atenção. Há 4 anos atrás só uma pessoa da Leo Burnett veio pra cá. Nesse ano são 7, incluindo o Reis (VP de criação). Sabemos que tem gente da Neogama e várias outras agências. 

 

Enfim … esse email também é só pra mostrar o quanto estamos felizes aqui. E ainda temos mais 4 dias pela frente! 

 

Abração e muito obrigado!

 

Laga

368 visitas
PRODUÇÕES PARA INTERNET

Destacamos hoje três novas produções da O2, especiais para internet.

 

Para o cliente Vivo, com direção de Rodrigo Meirelles, a O2 produziu 2 jogos, ou ARGs, onde o usuário tem que assistir os filmes e descobrir quantas ligações ou posts foram feitos para os personagens atingirem seus objetivos.

 

Confira o ARG no site da Vivo.

 

Com direção de Ale Pellegrino, realizamos para o cliente ABAP, 10 vídeos depoimentos, para internet, que integram a campanha "O futuro promete/eu quero chegar bem lá".

 

Confira os vídeos no site da ABAP.

 

Para a Microsoft, produzimos "Salve o Natal", com direção de Cassiano Prado. O filme é parte de uma ação que vai doar 50 Xbox + 50 Kinects para entidades que atendem a crianças com algum tipo de necessidade em todo o Brasil. (No caso da AACD e do GRAACC, a Microsoft está desenvolvendo aplicações para Kinect que ajudam na reabilitação de crianças). O site já está no ar: http://www.salveonatal.com/ .

 

2021 visitas
A O2 E AS NOVAS MÍDIAS

novidades_883.jpg

A O2 comemora o número de mais de 5 milhões de acessos, em menos de uma semana, ao canal oficial de seu cliente Vivo no YouTube, para assistirem à produção dirigida por Nando Olival: "Eduardo e Mônica", realizada para a agência Africa.

A produção publicitária de curtas-metragens para internet consolida-se como formato de muita visibilidade que deve crescer bastante.

Anteriormente, outra produção realizada pela O2, no mesmo formato: "O último gol de Pelé", em junho de 2010, também atingiu os objetivos propostos, alcançando imensa visibilidade. O curta "Pelé" foi dirigido por Nando Olival e Luciano Moura, da O2 Filmes.

"Eduardo e Mônica - A história de amor mais cantada do Brasil" homenageia o músico Renato Russo e os 25 anos de sua famosa criação.

A produção foi realizada em São Paulo e envolveu uma grande equipe de profissionais da O2, com direção de arte de Fred Pinto e direção de fotografia de Ricardo Della Rosa.

Confira mais fotos do filme na sessão Bastidores.

1158 visitas